CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fernando Pellisoli
Sou o Poeta da Loucura da Pós-modernidade
Textos

15. ECONOMIA


A Economia Ecomunitária vai seguir o seu influxo normal, sendo comandada pela sua lei maior: a lei da oferta e da procura... Mas sendo sempre fiscalizada nos seus abusos econômicos pelo nosso Estado Ecomunitário Federativo... Fica estabelecido, de qualquer maneira, que as empresas privadas terão as suas autonomias de mercado; cuidando apenas não se enveredar aos excessos dos lucros exorbitantes, que só poderão equivocar-se em desequilíbrios ecológicos, sociais, políticos e, principalmente, econômicos...
Para que o Estado Ecomunitário Federativo se fortaleça; desabilitando a força parasitária neocapitalista, teremos que estatizar todos os bancos e todas as financeiras: esta medida sócio-econômica-Ecomunitária só neutralizará esta corrente descontrolada dos lucros lucíferos, que sugam o sangue dos empresários brasileiros; bem como dos trabalhadores...
As adaptações estatais econômicas virão juntas com as reformas culturais Ecomunitárias, posto que o Brasil vá se tornar uma nação diferenciada do que é hoje; sendo, num futuro breve, o exemplo de cidadania Ecomunitária, primando pelo solidarismo pacifista tão almejado pelos povos...
O lucro empresarial será sempre uma manifestação de um resultado eficiente e competente do empregador e dos empregados; não sendo mais um objetivo ganancioso e mui lucífero de especular imensas fortunas inadequadas, pois os empregados irão participar na divisão dos lucros...
Um mundo menos caótico e menos desumano é o que eu proponho com o meu pensamento Ecomunitário; longe de crer que eu poderei criar um mundo perfeito, pois os seres humanos são todos imperfeitos – e estão todos em estágios (ou graus) diferentes da espiritualidade: este será o imenso problema do Sistema Ecomunitarista: obter sempre a maioria do povo brasileiro em concórdia Ecomunitária... Mas sou da opinião que o nosso povo brasileiro é ordeiro, pacífico e sendo sempre absorvido pela justiça divina que o encobre...
Quando pensei em escrever este tratado social; eu não tinha ainda a percepção da grandeza da minha missão, nem a expansão da minha espiritualidade abrangendo o mundo... Eu penso que todos os países deste mundo estão buscando a fenomenologia excepcional do Ecomunitarismo... É evidente que existem povos mais adiantados; outros mais atrasados – mas mesmo os mais atrasados estão a buscar um poder que afaste os politiqueiros do poder político: e este poder é o meu novo Ecomunitarismo... Operacionalizam-se novos conceitos, pois a vanguarda está mais próxima da sua acepção...
O dia bravo da famigerada Cisma se aproxima... A Igreja Católica desespera-se, contorcendo os seus fiéis com aparatos inadequados ao nosso pós-modernismo... O Espiritismo já se apresenta ao cientificismo humano, com as suas precisas leis espirituais dos Espíritos Superiores; explicando a existência de mundos infinitos paralelos e nos explicando os fenômenos paranormais e suas leis mediúnicas – e sem milagres!

FERNANDO PELLISOLI
Enviado por FERNANDO PELLISOLI em 03/04/2011


Comentários