Fernando Pellisoli
Sou o Poeta da Loucura da Pós-modernidade
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

ABRAÇO


As ilusões
Fartam-nos os olhos

Um abraço aquece o coração
Mas um abraço de amor eternizado
Multiplica as bênçãos e a redenção do espírito

O teu abraço afetuoso
Como o sopro do Cristo aos ouvidos dos homens-surdos:

Eu não entendi o teu pacto amoroso
E a minha idiotice suprema era alérgica
Aos apelos da tua carência de um abraço fraternal

E se hoje eu estou sozinho
É porque o meu espírito não aprendeu

A crescer no teu amor...

(por Fernando Gomes)
FERNANDO PELLISOLI
Enviado por FERNANDO PELLISOLI em 27/09/2010
Alterado em 27/09/2010


Comentários